sábado, 25 de junho de 2016

Coelho á Caçador com Tomilho



Receita da Colheita: TOMILHO
   É uma receita muito tradicional e típica da cozinha portuguesa, na qual foi reinventada com a adição do tomilho que confere a este prato um sabor muito peculiar. Esta receita também contém um truque para que o molho fique mais espesso e cremoso.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se Tomilho com 16 semanas após a sementeira, está erva aromática tem um sabor muito característico que vai fazer toda a diferença neste prato;
Colheita de Tomilho
(16ª semana após a sementeira)

Ingredientes (4 pessoas):
- 1 Coelho Cortado em pedaços (peso de 1,200 kg)
- 50 gr de Toucinho fumado
- 2 dentes de Alho
- 2 folha de Louro
- 3 dl de Vinho Tinto ( para cobrir o coelho na totalidade)
- 1 Tomate maduro
- 1 Cebola
- Azeite q.b.
- Flor de Sal q.b.
- Pimenta Preta q.b.
- Pimentão Doce q.b.
- Tomilho q.b.
- Tomilho (decoração)
- 1 Batata

Acompanhamentos (opcional):
- Batatas Cozidas ( Está foi a opção escolhida para acompanhar o coelho)
- Batatas Assadas (VER: Batatas Assadas com Cebola e CEBOLINHO )
- Batatas Fritas

Procedimentos:
1. Começar por preparar a marinada de preferência com 12 horas de antecedência, com os seguintes ingredientes:
   A- Colocar os pedaços de coelho num recipiente e adicionar os alhos picados, as folhas de louro e as folhas de tomilho de penicado;
   B- Temperar a marinada com flor de Sal, a pimenta preta moída no momento e pimentão doce a gosto;
   C- Esfregar todos os ingredientes muito bem no coelho;
   D- Regar com o vinho tinto até cobrir o coelho na totalidade.
   E- Fechar o recipiente e reserva-lo por 12 horas num local fresco (por exemplo, frigorifico)
2. Após 12 horas (no mínimo), dá-se inicio a confecção do coelho.
3. Começar por deitar um fio de azeite num tacho;
4. Adicionar uma cebola  picada e levar ao lume até está ficar translucida;
5. Acrescentar o Coelho juntamente com a marinada, a tomate picada e sem casca e o toucinho. Deixar cozer com o lume no mínimo durante aproximadamente 1 hora e 30 minutos (até a carne se desfazer dos ossos);
6. No meio da cozedura adicionar uma batata descascada e inteira;
7. Posteriormente, quando tudo estiver cozido, retirar os pedaços de coelho para um tacho de barro e deixar o molho e a batata de parte;
8. Relativamente ao molho e a batata, vai-se incorporar com a varinha mágica para obter um molho mais espesso e cremoso;
9. Para finalizar, servir o coelho acompanhado com batatas cozidas,  um ramo de folhas de tomilho e o molho.

Coelho á Caçador com Tomilho acompanhado de Batatas Cozidas


Queijo Camembert aromatizado com Cebolinho

   É uma receita muito saborosa, com o queijo derretido e aromatizado com o cebolinho. O Queijo fica divinal.


Receita da Colheita: CEBOLINHO
Colheita:
 • Nesta receita utilizou-se Cebolinho com 17 semanas após a sementeira;
Colheita de Cebolinho
(17ª semana após a sementeira)
Ingredientes :
 • 1 Queijo Camembert
 • 1 Dente de Alho picado finamente
 • Cebolinho q.b.
 • Fio de Azeite
 • Mistura de Pimentas

Acompanhamentos (opcional):
 • Pãezinhos ( VER: Pãezinhos em forma de Espiral com Ervas Aromáticas )
 • Tostas, Pão, Bolachas Salgadas...


Procedimentos:
1. Pré-aquecer o forno a 180º C;
2. Cortar a parte superior do queijo Camembert;
3. Picar o alho finamente e o cebolinho diretamente por cima do queijo;
4. Adicionar um fio de azeite e as misturas de pimentas moídas no momento;
5. Levar ao forno durante 10 a 15 minutos. Servir de imediato.


Pãezinhos em forma de Espiral com Ervas Aromáticas


Receita das Colheitas: SALSA e CEBOLINHO
   É uma receita muito saborosa, pois este pão torna-se numa receita rica em sabores devido a junção da Salsa com o Cebolinho. 

Colheita:
 • Nesta receita utilizou-se Salsa com 17 semanas após a sementeira;
Colheita de Salsa
(17ª semana após a sementeira)
 • Nesta receita utilizou-se Cebolinho com 17 semanas após a sementeira;
Colheita de Cebolinho
(16ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
 • 1 copo de 200 ml em Farinha Trigo
 • 2 copo de 200 ml em Farinha Trigo Integral
 • 1 colher de sobremesa de Fermento em pó
 • 1 copo de 200 ml de Leite
 • 2 Ovos
 • 1 gema do Ovo
 • 100 gr de Manteiga
 • Salsa q.b.
 • Cebolinho q.b.
 • Fio de Azeite
 • Flor de Sal
 • Sementes de Sésamo


Procedimentos:
1. Numa tigela misturar primeiramente os ingredientes secos todos: farinha Trigo, Farinha Trigo Integral, Fermento e uma pitada de flor de sal fino;

2. Numa tigela a parte, bater os dois ovos com um fio de azeite e uma pitada de flor de sal e adicionar o leite:

3. Na tigela dos ingredientes secos, abrir uma cova e adicionar o conteúdo da tigela anterior;

4. Numa outra tigela adicionar a manteiga, o cebolinho e a salsa bem picados;

5. Levar a tigela ao microondas, 10 segundos, para a manteiga ficar liquida;

6. Deixar arrefecer, e adicionar na cova já preenchida com o leite e os ovos batidos.

7. Agora vai-se mexendo os ingredientes líquidos e os rebordos das farinhas;

8. Quando tudo estiver bem misturado, deixar repousar 30 min.

9. Passados 30 min, pré-aquecer o forno a 180º C;

10. Em seguida deitar a massa sobre a bancada previamente polvilhada com farinha;

11. Fazer um rolo com a massa e cortar em pedaços de aproximadamente 30 gr;

12. Nesses pedaços voltar a fazer um rolo e enrola-los em forma de espiral. Repetir o processo para os restantes pedaços;

13. Pincelar com a gema do ovo batida com um fio de azeite e uma pitada de flor de sal;

14. Cobrir com sementes de sésamo.

15. Levar ao forno por 20 a 30 minutos.

SUGESTÃO: Acompanhar estes pãezinhos com a seguinte receita: Queijo Camembert aromatizado com Cebolinho

Salada de Alface com BETERRABA, Ovo e Queijo Mozzarela



Receita das Colheitas: ALFACE FRISADA e BETERRABA
   Nesta época do ano, o Verão, apetece bastante receitas que sejam leves, frescas e altamente coloridas. Este prato retrata bem estas características e principalmente com o ingrediente principal, a beterraba. A beterraba tem um sabor bem distinto e leve a terra, doce e é bastante suculenta. Esta salada é extremamente apelativa e deliciosa;

Colheitas:
    • Nesta receita utilizou-se Alface Frisada que foi colhida por completo do vaso no exterior, com 14 semanas após a sementeira.
Colheita da ALFACE FRISADA
(14ª semana após a sementeira)
   • Utilizou-se uma Beterraba com 12 semanas após a sementeira, com 5,5 cm de diâmetro. Era a maior que se encontrava no vaso;
Colheita de SALSA
(12ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
- 1 Alface Frisada
- 1 Beterraba pequena (aproximadamente 5 cm de diâmetro)
- 1 Tomate Rama
- 2 Ovos
- 9 Mini bolas de queijo mozzarella
- Flor de Sal q.b
- Azeite q.b
- Vinagre Balsâmico Branco q.b.
- Água


Procedimentos:
1. Levar um tacho ao lume com água, os dois ovos e uma pitada de flor de sal. A água tem que cobrir os ovos na totalidade. Quando levantar fervura deixar cozer por 10 minutos. Desligar o lume e deixar arrefecer. Reservar;

2. Relativamente a beterraba, foi previamente cozida com mais beterrabas e aproveitada para esta receita. (Em água a ferver colocar as beterrabas pequenas e deixar cozer durante 10 a 15 minutos. Escoar a água e com auxilio de papel absorvente descascar as peles ainda com a beterrabas quentes, para não tingir as mãos. Reservar)

1. Cortar os dois ovos em quartos e colocar no centro da saladeira;
2. Cortar as folhas de Alface em juliana e fazer um circulo a volta dos ovos
3. Cortar a Tomate em rodelas finas e contornar em volta da Alface;
4. Cortar a beterraba em rodelas finas e colocar em cima da alface espalhadas aleatoriamente;
5. Colocar as bolinhas de queijo mozzarella entre as rodelas de tomate;
6. Temperar com a Flor de sal, azeite e vinagre balsâmico branco. E está pronto a servir;

Sopa de Beterraba com Alho-Francês


Receita da Colheita: BETERRABA e ALHO-FRANCÊS
   É uma sopa deliciosa, mesmo para estes dias quentes de Verão, pois é uma excelente combinação entre a beterraba e o alho-francês. Estes ingredientes tornam-se também especiais porque foram colhidos da própria horta e parecem que adquirem um sabor sui generis a sopa. Pois é tudo tratado e confeccionado com muito amor e dedicação!


Colheitas:
 • Nesta receita utilizou-se 2 Beterrabas com apenas 12 semanas após a sementeira. Ainda se encontram imaturas em relação às dimensões pois apresentam apenas 2,5 cm e 3,5 cm de diâmetro. Mas quanto ao sabor e a cor estão prontas a serem confeccionadas. E o desejo era tanto de consumi-las que tiveram que ser colhidas. 
Colheita de BETERRABA
(12ª semana após a sementeira)

 • Nesta receita utilizou-se 4 Alhos-Franceses com apenas 16 semanas após a sementeira. Nesta fase também se encontram imaturos em relação às dimensões, os seus bulbos apresentam entre 1 cm a 2 cm de espessura. Mas uma das vantagens é que se pode aproveitar algumas folhas verdes que estão bastante tenras.
Colheita de ALHO-FRANCÊS
(16ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
 • Alho Francês (Foram utilizados 4 porque são bastante imaturos, mas com a maturação ideal 1 era suficiente)
 • 2 Beterraba pequena e cozidas ( Como são pequenas utilizaram-se duas. Também podem ser cruas e descascadas mas este foi o método utilizado)
 • 3 Batatas médias
 • 2 Cenouras médias
 • 1 Curgete pequena
 • Água q.b.
 • Flor de Sal q.b
 • Noz Moscada
 • Fio de Azeite

Procedimentos:
1. Relativamente as beterrabas, foram previamente cozidas com mais beterrabas e estas duas foram aproveitadas para esta receita.
   A- Em água a ferver colocar as beterrabas pequenas e deixar cozer durante 10 a 15 minutos;
   B- Escoar a água;
   C- Com auxilio de papel absorvente descascar as peles ainda com a beterrabas quentes, para não tingir as mãos;

1. Descascar e cortar as batatas, as cenouras e as curgetes em pedaços pequenos;
2. Levar um tacho ao lume, com os ingredientes anteriores e cobrir com água 2 a 3 cm da superfície dos pedaços mais pesados (batata e cenoura);
3. Adicionar as 2 beterrabas previamente cozidas e sem pele;
4. Temperar com flor de sal e noz moscada moída no momento;
5. Quando estiver cozido passar a sopa com a varinha mágica e reduzir em puré;
6. Levar novamente o tacho ao lume e colocar o alho-francês partidos as rodelas grosseiramente visto que são muito finos;
7. Passados breves minutos, 5 minutos, desligar o lume.
8. Deitar um fio de azeite, mexer e está pronta a servir;


Glossário da Horta (Parte I)

Agricultura refere-se a produção Vegetal e Animal;

Horticultura é uma subdivisão da agricultura que trata de cultivar em Horto (Horta ou Jardim). A Horticultura é uma atividade muito abrangente que pode ser dividida em cinco ramos, que são os seguintes:
   - Olericultura: cultura das Hortaliças;
   - Floricultura: cultura das Flores;
   - Fruticultura: cultura de Árvores de Fruto;
   - Paisagismo: cultura dos Parques e Jardins;
   - Silvicultura: cultura e estudo das Florestas;

Olericultura é a área da horticultura que abrange a exploração de hortaliças e que engloba culturas folhosas, raízes, bubos, tubérculos, frutos e partes comestíveis de plantas;

Hortaliças é toda a planta herbácea da qual uma ou mais partes da planta são consumidas como alimento. Geralmente são cultivadas em Horta.

Herbácea- planta que tem consistência tenra (não lenhosa);

As Hortaliças podem ser classificadas quanto a parte comestível, ou seja, quanto a parte consumida como alimento. A classificação ocorre do seguinte modo:

   - Hortaliças de Bulbos: são hortaliças cujas as partes consumidas são subterrâneas em especial os bulbos.
   Exemplos: Alho e a Cebola;

   - Hortaliças de Raízes: são as hortaliças cujas as partes consumidas são subterrâneas em especial as raízes.
   Exemplos: Beterraba, Cenoura e Rabanete;

   - Hortaliças de Rizomas: são as hortaliças cujas as partes consumidas são subterrâneas em especial os rizomas.
   Exemplo: Gengibre;

   - Hortaliças de Tubérculos: são as hortaliças cujas as partes consumidas são subterrâneas em especial os tubérculos.
   Exemplo: Batata;

   - Hortaliças de Hastes: são as hortaliças cujas as partes consumidas são o caule.
   Exemplos: Aipo e Alho-Francês;

   - Hortaliças das Folhas: ou Folhosas são as hortaliças cujas as partes consumidas são as folhas.
   Exemplos: Acelga, Agrião, Alface, Cebolinho, Couve Chinesa, Espinafre, Repolho e Salsa;

   - Hortaliças de Flores: são as hortaliças cujas as partes comestíveis são as flores.
   Exemplos: Alcachofra,  Brócolos, Couve-Flor;

   - Hortaliças de Frutos: são as hortaliças cujas as partes comestíveis, do ponto de vista botânico, são os frutos.
   Exemplos: Abóbora, Berinjela, Curgete, Melancia, Melão, Morango, Pepino, Pimento e Tomate;

   - Legumes: são as hortaliças cujas as partes comestíveis são as sementes de vagem.
   Exemplos: Ervilha-Torta e Feijão-Verde;

Horta é o local onde são cultivadas hortaliças e outras plantas.


Referências:
olericultura, floricultura, fruticultura, silvicultura, herbaceo e legume  in Dicionário da Língua Portuguesa com Acordo Ortográfico [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2016. [consult. 2016-06-18 09:00:20]. Disponível na Internet:
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/olericultura
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/floricultura
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/fruticultura
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/silvicultura
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/herbáceo
http://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/legume

Olericultura. in: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2014. Disponível em : <https://pt.wikipedia.org/wiki/Olericultura>. Acesso em: 18 Junho 2016


sábado, 18 de junho de 2016

Frango do Campo Grelhado na Brasa e aromatizado com Salsa


Receita da Colheita: SALSA
   O Verão a chegar e o tradicional churrasco de frango não pode faltar nestes dias quentes e principalmente este Frango do Campo que tem um paladar único. A Salsa é uma ótima erva aromática para aromatizar os principais temperos e o próprio frango. Esta receita possui três acompanhamentos que são muito característicos do frango no churrasco, que são: o Arroz Branco, Salada Simples e umas Batatas "Fritas" especiais.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se várias ervas aromáticas e uma delas foi a Salsa, com 16 semanas após a sementeira;
Colheita do SALSA
(16ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
- 1 Frango do Campo (Utilizar os pedaços mais nobres: 2 Coxas, 2 Sobrecoxas, 2 Peitos, 2 Asas. Reservar a carcaça para outra receita, por exemplo, fazer caldo de aves.)
- 1 colher de sobremesa de pimentão doce
- 1 colher de sobremesa de mostarda moída
- 3 a 5 colheres de sopa de Óleo
- 2 dente de Alho
- Salsa q.b
- Flor de Sal q.b.
- Misturas de Pimentas q.b.
- Pimenta Preta q.b.

Acompanhamentos (opcional):
- Arroz Branco (VER: Arroz Branco com um toque especial de Salsa)
- Salada Simples (VER:Salada Simples de Alface Frisada (Roxa))
- Batatas "Fritas" no Forno ( Sugestão Final)

Procedimentos:
1. Preparar a marinada numa tigela, da seguinte forma:
   A- Picar diretamente para a tigela a salsa e o alho;
   B- Adicionar as colheres de pimentão doce, mostarda e óleo;
   C- Acrescentar a flor de sal,pimenta preta e as misturas de pimentas moídas no momento;
   D- Misturar bem todos os ingredientes;
   E- Colocar a marinada e os pedaços de frango num saco de congelação e reservar num lugar fresco (frigorífico) durante pelo menos uma hora.
Saco de Congelação com os pedaços de Frango e marinada.

2. Parar grelhar o Frango, pré-aquecer o grelhador (ou churrasqueira);
3. Retirar os pedaços de frango do saco e colocar diretamente em cima da grelha para grelhar;
Os pedaços e Frango a Grelhar

4. Virar os pedaços de frango de vez em quando e pincelar com molho presente no saco com o auxilio de talos da salsa;
5. Passados 30 minutos ou 45 minutos, dependo do grelhador, os pedaços de Frango estarão pronto;
Frango Grelhado na Brasa e aromatizado com Salsa


Batatas "Fritas" no Forno
Ingredientes:
   - 4 a 5 Batatas médias
   - 1 ou 2 colheres de sopa de Azeite
   - Flor de Sal q.b.
   - Açafrão q.b.

Procedimentos:
1. Para confeccionar as Batatas "Fritas" no Forno primeiramente deve pré-aquecer o forno a 180 ºC;
2. Em seguida, aparar e cortar as Batatas em palitos;
3. Numa bacia adicionar as batatas, a flor de sal fino, uma pitada de açafrão e as duas colheres azeite.
4. Misturar tudo muito bem. E em cima da grelha colocar folhas de papel vegetal ou de alumínio e distribuir as batatas uniformemente sobre o mesmo.
5. Levar novamente ao forno 15 a 20 minutos e deixar assar a gosto.
Batatas "Fritas" no Forno


Robalo Grelhado na Brasa com Molho Verde

   Os dias quentes já se fazem sentir, e o Verão está a porta, e nada melhor do que um bom churrasco de peixe. Cheira a mar, cheira a Robalo Grelhado... É  uma ótima receita pois é muito simples e fácil de realizar. E que fica enriquecida com o saboroso Molho Verde, a não perder.


Receita da Colheita: SALSA
Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se várias ervas aromáticas e uma delas foi a Salsa, com 16 semanas após a sementeira;
Colheita do SALSA
(16ª semana após a sementeira)
Ingredientes:
- 2 Robalos frescos (Escalados e com peso médio de 300 gramas)
- Flor de Sal q.b.
- Molho Verde ( VER: Molho Verde)

Acompanhamentos (opcional):
- Batatas com Casca no Forno (VER: Batatas com Casca no Forno)
- Feijão-Verde salteado em Azeite Aromatizado (Sugestão Final)

Procedimentos:
1. Pedir na peixaria para escalar os Robalos;
2. Para confeccionar os Robalos, é necessário pré-aquecer o grelhador (ou churrasqueira);
3. Em seguida, aplicar flor de sal a gosto nos Robalos.
4. Colocar os Robalos na grelha;
5. Deixar alourar 7 a 10 minutos de cada lado;
Dois Robalos na Grelha


Feijão-Verde salteado em Azeite Aromatizado
(Sugestão de Acompanhamento)
Ingredientes:
- 200 gr de Feijão-Verde (usei Congelado)
- 20 gr de Pimento Vermelho
- 1 dente de Alho
- Salsa q.b.
- Água q.b.
- Azeite q.b.
- Flor de Sal q.b.
- Mistura de Pimentas q.b.

Procedimentos:
1. Levar um tacho ao lume com água;
2. Quando estiver  ferver colocar o feijão-verde e deixar ferver por breves minutos;
3. Em seguida escoar o feijão verde e reservar.
4. Picar para um  tacho o alho e a salsa, e fazer pequenas tiras com o Pimento.
5. Adicionar um fio de azeite e levar o tacho ao lume (mínimo);
6. Em seguida, colocar o feijão-verde, flor de sal e as misturas de pimentas moídas no momento:
7. Após 1 minuto, o feijão-verde estará aromatizado e pronto a servir com os Robalos;

Molho Verde


Receita da Colheita: SALSA
   Este Molho Verde é indicado para qualquer tipo de peixe grelhado. É um molho simples e fácil de fazer que confere ao peixe um sabor autêntico e rico em sabores principalmente da Salsa.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se a Salsa, com 16 semanas após a sementeira, para conferir ao Peixe um sabor e aroma muito agradável;
Colheita da Salsa
(16ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
- 1 cebola pequena
- 1 dente de Alho
- Salsa q.b.
- 1 dl de Azeite
- 1 colher de sopa de Vinagre de Vinho Branco q.b.
- Flor de Sal q.b.
- Mistura de Pimentas q.b.

Procedimentos:
1. Picar a Salsa e a Cebola para um recipiente com tampa;
2. Picar bem fino o dente de alho para o recipiente;
3. Acrescentar o azeite e o vinagre;
4. Temperar com a flor de sal e as misturas de pimentas moídas no momento;
5. Envolver todos os ingredientes muito bem e está pronto a servir juntamente com peixe grelhado;

Batatas com Casca no Forno



Receita da Colheita: SALSA
   É um excelente acompanhamento tanto para carne como para peixe. Este acompanhamento possui um sabor delicioso, pois o azeite, o alho e a Salsa conferem as batatas um sabor autêntico e uma crocância da casca da batata que é divinal.

Colheita:
   • Utilizou-se Salsa, com 16 semanas após a sementeira, para aromatizar as batatas;
Colheita da SALSA
(16ª semana após a sementeira)
Ingredientes:
- 1kg Batatas pequenas ou médias
- 1 dente de Alho
- Água q.b.
- 50 gr Manteiga
- Salsa q.b.
- Flor de Sal q.b

Procedimentos:
1. Pré-aquecer o forno a 180 ºC;
2. Lavar bem as batatas;
3. Colocar um tacho com água no lume e flor de sal;
4. Quando a água estiver a ferver colocar as batatas lavadas e deixar ferver por alguns minutos (10 min.);
5. Passado 10 minutos, retirar e escorrer as batatas;
6. Fazer dois cortes transversais nas batatas e colocar  num tabuleiro;
7. Picar o Alho e a Salsa por cima das batatas e cobrir com pedacinhos de manteiga;
8. Levar ao forno até as batatas ficarem douradas a gosto;

Arroz Branco com um toque especial de Salsa


Receita da Colheita: SALSA
   É uma receita muito simples que praticamente toda a gente sabe fazer, arroz branco. Esta receita tem um pormenor, a salsa, que aromatiza o azeite e posteriormente o arroz.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se Salsa com 16 semanas após a sementeira;
Colheita de Salsa
(16ª semana após a sementeira)
Ingredientes:
- 1 chávena de Arroz Agulha
- 2 chávenas de Água
- 1 Dente de Alho
- Salsa q.b.
- Azeite q.b.
- Flor de Sal q.b.

Procedimentos:
1. Levar um tacho ao lume com um fio de azeite, a salsa e o alho picado;
2. Em lume brando adicionar o arroz e mexer sempre até este ficar translucido;
3. Acrescentar a água previamente fervida na cafeteira elétrica;
4. Temperar com flor de sal a gosto;
5. Tapar o tacho e deixar cozinhar 10 a 15 minutos até a água evaporar por completo;
6. Por último, desligar o lume e deixar acabar de cozinhar por 5 minutos com o calor do tacho;

sábado, 11 de junho de 2016

Retângulos de Massa Filo com Alheira, Espinafres e Queijo


Receita da Colheita: ESPINAFRES
   É uma excelente receita rica em sabores e texturas cobertos com uma massa muito estaladiça e deliciosa juntamente com as sementes de sésamo.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se o resto dos espinafres existentes na horta, pois devido ao excesso de calor estavam a começar a florescer. Os Espinafres tinham 14 semanas após a sementeira;
Colheita de Espinafres
(14ª semana após a sementeira)

Ingredientes (2 Pessoas):
- 3 folhas de Massa Filo (Encontram-se a venda em qualquer supermercado)
- 1 Alheira (peso de aproximadamente: 150 gr)
- 150 gr de Espinafres
- 100 gr de Queijo Mozzarella Ralado
- 1 Cebola pequena
- 1 Gema de Ovo
- Sementes de Sésamo q.b.
- Azeite q.b.
- Flor de Sal q.b.

Procedimentos:
1. Numa frigideira ao lume (no minimo) adicionar um fio de azeite e a cebola cortada as meias luas;
2. Juntar as folhas de espinafres cortadas grosseiramente;
3. Quando as folhas de espinafres estiver ligeiramente "murchas" adicionar a alheira partida em pedaços pequenos;
4. Envolver tudo muito bem e se desejar pode adicionar flor de sal se assim o desejar, pessoalmente eu não uso porque a alheira já possui bastante sal, mas é o meu gosto pessoal;
5. Reservar o preparado anterior para arrefecer um pouco;
6. Separar a gema da clara para uma tigela e adicionar um fio de azeite e uma pitada de flor de sal e envolver tudo muito bem. Reservar.
7. Pré-aquecer o forno a 180 ºC.
8. Por fim, proceder a linha de montagem com a massa filo:
   A. Sobre a mesa colocar uma folha de massa filo e pincelar com azeite;
   B. Colocar a segunda folha de massa filo e pincelar novamente;
   C. Por fim colocar a terceira folha de massa filo;
   D. Dividir está a massa filo em duas;
Separar a massa filo em duas
9. Deitar em cada uma das partes o conteúdo da frigideira;
10. Adicionar por cima o queijo ralado em cada parte;
11. Dobrar os retângulos primeiramente da parte superior e inferior e depois nas laterais, como está indicado na imagem seguinte;
Modo de Dobrar a massa filo em retângulos
12. Pincelar o fundo do tabuleiro e colocar os retângulos com as partes dobradas para baixo deixando a parte de cima lisa;
13. Pincelar a parte superior com o conteúdo da tigela nos dois retângulos.
14. Cobrir com as Sementes de Sésamo e levar ao forno 15 minutos;
15. Quando os retângulos estiverem dourados a gosto servir num prato decorado com alface frisada;


Pão da Avó no Forno com Queijo, SALSA e ALHO


Receita da Colheita: SALSA
   É uma receita muito saborosa, pois este pão torna-se numa receita rica em sabores devido a junção da Salsa com o Alho e que fica ainda mais enriquecida com o queijo.

Colheita:
    • Nesta receita utilizou-se Salsa com 15 semanas após a sementeira;
Colheita de Salsa
(15ª semana após a sementeira)
Ingredientes (1 ou 2 pessoas):
- 1 Pão da Avó ( 100 gr)
- 50 gr de Queijo Mozzarella Ralado
- 50 gr de Manteiga
- 1 Dente de Alho
- Salsa q.b.

Procedimentos:
1. Numa tigela adicionar a manteiga, o Alho e a Salsa picados;
2. Levar ao microondas, 10 segundos, para a manteiga ficar liquida;
3. Cortar a parte superior do pão aos retângulos deixando a base intacta;
4. Deitar metade do conteúdo da tigela nas fendas do pão e reservar o restante;
5. Sobre as fendas colocar o queijo ralado;
6. Deitar sobre o preparado anterior o restante conteúdo da tigela.
7. Levar ao forno pré-aquecido a 180º C;
8. De 5 a 10 minutos estará pronto a servir;

Salada de Alface Frisada com Restos de Carne de Peru Assada

   É uma receita muito saciante devido a frescura da Alface Frisada e a principal guarnição, os restos de carne assada de peru. Estes restos de carne assados foram enriquecidos com mais ingredientes tornando esta carne mais suculenta e saborosa. É uma excelente receita para aproveitar os restos de carne assada e fazer uma refeição principal.

Receitas das Colheitas: ALFACE FRISADA e SALSA
Colheitas:
    • Nesta receita utilizou-se algumas folhas da Alface Frisada (tinha sido transplantada para exterior), com 12 semanas após a sementeira.
Colheita da ALFACE FRISADA
(12ª semana após a sementeira)
   • Utilizou-se dois talos de folhas de Salsa, com 15 semanas após a sementeira.
Colheita de SALSA
(15ª semana após a sementeira)

Ingredientes:
-  Alface Frisada
- 1 Cebola pequena
- Flor de Sal q.b
- Vinagre de Cidra q.b.

- 200 gr de restos de Carne de Peru assada (VER: Perna de Peru Assado Com Ervas Aromáticas e Moscatel , utilizou-se restos de Carne de peru desta receita)
- 1 Cebola média
- 1 dente de Alho
- 1/2 Pimento Vermelho
- Azeite q.b.
- Flor de Sal (Opcional: caso queira retificar os temperos)
- Mistura de Pimentas (Opcional: caso queira retificar os temperos)
- Salsa q.b.

Procedimentos:
1. Começar por cortar o resto de carne assada em pedaços de 2 cm aproximadamente;
2. Numa frigideira deitar um fio de azeite;
3. Adicionar uma cebola média cortada as meias luas e um alho esmagado com a casca;
4. Levar a frigideira ao lume (no minimo);
5. Quando a cebola estiver translucida colocar os pedaços de carne assada e adicionar o pimento vermelho cortado em tiras;
6. Deixar refogar todos os ingredientes com o lume no minimo;
7. Provar e caso seja necessário retificar os temperos a gosto relativamente a flor de sal e a mistura de pimentas moídas no momento;
8. Quando tudo estiver refogado, finalizar com a salsa picada e reservar (para arrefecer um pouco);

1. Cortar as folhas de Alface Frisada em juliana;
2. Cortar a Cebola as meias-luas e coloca-la por cima da Alface Frisada;
3. Temperar com a Flor de Sal e umas gotas de Vinagre Cidra (não utilizei azeite porque a carne já possui);
4. Por fim, distribuir o conteúdo da frigideira, que deve estar frio ou ligeiramente morno, por cima da Salada e está pronto a servir;

Perna de Peru Assada Com Ervas Aromáticas e Moscatel


É uma receita muito deliciosa de Peru assado no forno, devido aos aromas das ervas aromáticas juntamente com o Moscatel. O Moscatel confere ao Peru uma caramelização muito saborosa e tornando a carne mais suculenta.

Receita das Colheitas: SALSA, TOMILHO e ALECRIMColheitas:
 • Nesta receita utilizaram-se as seguintes Ervas aromáticas: Salsa, Tomilho e Alecrim.
Colheita do SALSA
(15ª semana após a sementeira)
Colheita do TOMILHO
(14ª semana após a sementeira)
Colheita do Alecrim

Ingredientes:
  1 Perna de Peru (pesava aproximadamente 1,8 kg, ao comprar indicar que é para assar)
  1 copo de Moscatel
  1 colher de sobremesa de Mel
  2 dente de Alho
  1 folha de Louro
  Azeite q.b
  Salsa q.b
  Tomilho q.b.
  Alecrim q.b.
  Flor de Sal q.b.
  Misturas de Pimentas q.b.
  1 Laranja

Acompanhamentos (opcional):
  Batatas Assadas (VER: Batatas Assadas com Cebola e CEBOLINHO )


Procedimentos:
1. Preparar a marinada numa bacia, da seguinte forma:
   A- Primeiramente deitar o copo de moscatel e a colher de mel e mexer para se entre ligar;
   B- Juntar a folha de Louro, a Salsa e o Alecrim picados, as folhas de Tomilho depenicadas e o alho picado;
   C- Acrescentar a flor de sal e as misturas de pimentas moídas no momento;
   D- Por último, juntar à marinada o elemento principal, a Perna de Peru. E esfregar todos os temperos muito bem sobre a Perna de Peru;
   E- Depois isolar muito bem a bacia com uma película de plástico para levar ao frigorífico durante pelo menos uma hora. 
2. Parar assar a Perna de Peru, primeiramente pré-aquecer o forno a 180 ºC;
3. Em seguida, colocar a Perna de Peru com a marinada num tabuleiro;
4. Regar a preparação anterior com bastante azeite e levar o tabuleiro ao forno;
5. Passados 30 minutos ou 45 minutos, dependo do forno, deve-se virar a perna de Peru e acrescentar mais um cálice de moscatel (se o molo tiver secado);
6. Levar novamente ao forno e deixar assar a gosto.
7. Quando a Perna de Peru estiver assada a gosto, está pronta a servir acompanhada, por exemplo, com umas Batatas Assadas com Cebola e Cebolinho. E cobrir a perna de Peru com uma laranja cortada em meias luas;

Receita do Acompanhamento:
   Batatas Assadas com Cebola e CEBOLINHO
Batatas Assadas com Cebola e CEBOLINHO


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...